BBF CURIOSO

BBF Curioso: Dia do Leitor

Conheça a história que deu origem ao Dia que celebra o amor pelos livros

Você está lendo conteúdo exclusivo BBF – REVISTA DIGITAL DO BRASIL. Plágio é crime!

Nada como um apaixonado pela Literatura para inspirar o surgimento do Dia do Leitor. Comemoração brasileiríssima e com bela história. Segundo o site Quero Bolsa, tudo começou em Fortaleza (CE), com o jornal impresso ‘O Povo’, fundado no dia 07 de janeiro de 1928, por Demócrito Rocha, poeta e jornalista baiano.

Um ano depois, o periódico lançou o suplemento literário ‘Maracajá’, dedicado a divulgação do Modernismo. Além de Rocha, o encarte também era assinado pelos escritores Paulo Sarasate e Mário de Andrade (do Norte). Maracajá publicava artigos, ilustrações, quadrinhos, críticas, poemas e contos de modernistas nordestinos.

O jornal corroborou positivamente para com o hábito da leitura nos lares cearenses.

Ainda segundo o site, “para homenagear Demócrito e seu jornal, e a todos os apaixonados por ler, a data de fundação do periódico passou a celebrar o Dia do Leitor no Brasil”.

Em homenagem aos 90 anos do suplemento Maracajá, a Fundação Demócrito Rocha republicou o encarte no jornal ‘O Povo’, na edição 18 de fevereiro de 2018.

Demócrito Rocha nasceu no dia 14 de abril de 1888, na cidade de Caravelas (Bahia).

Formado em Odontologia, se elegeu deputado federal em 1934. Foi membro da Associação Cearense de Imprensa e, em 1930, ingressou na Academia Cearense de Letras. No ápice da vida, contraiu turbeculose e, em 1943, faleceu aos 55 anos de idade, em Fortaleza.


Livros importam!

O site BBF surgiu com objetivo principal de incentivar o hábito da leitura diária, e o Dia do Leitor é uma data festiva para a Redação.

Para celebrar, o BBF convidou algumas pessoas queridas para compartilhar o que estão lendo no momento, e quais são os livros preferidos. Então vamos lá!


*Laine Andrade e Silva*

Professora universitária aposentada, Laine Andrade e Silva, 59 anos, já publicou livro didático de Língua Portuguesa, e atualmente escreve um livro sobre Chico Xavier, em versão e-book e terá distribuição gratuita.

Laine é uma leitora voraz e escreve Poesia desde os 12 anos de idade.  Ao ser questionada sobre qual livro lê no momento, ela responde bem-humorada,
“Bárbara, não estou lendo um livro apenas mas, quatro ao mesmo tempo. Sou uma pessoa diferente eu acho, porque não consigo ler um livro apenas”.

Essa habilidade pode estar ligada ao seio familiar, “meu pai era leitor contumaz. Lia de gibi à ficção científica. Eu aprendi a ler com ele, me formei em Letras, e fui me apaixonando cada vez mais pela Literatura. Ler pra mim é viajar, é viver”, finaliza.

Leituras do momento


“O Homem que falava com espíritos”, de Luiz Eduardo de Souza (editora Universo dos Livros); “Chico de Francisco”, de Adelino da Silveira (editora Centro Espírita União); “100 anos de Chico Xavier – Fenômeno Humano e Mediúnico”, de Carlos Baccelli (editora LEPP); e “Oficina da Fé”, Carlos Baccelli (editora LEPP)

Livros Preferidos

“O caçador de pipas”, de Khaled Hosseini (editora Riverheads Books);  “São Lucas – Médico de homens e de almas”, de Taylor Caldwell (editora Record); e “O evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec (editora FEB)

Cinco tipos de medo
Educação Financeira 1: Consignação
Conheça o Sistema Cidadão do MPF

*Heloisa Botelho*

O hábito de leitura acompanha Heloisa Botelho desde a tenra idade. Aos 43 anos, ela é professora formada em Letras, habilitada em inglês e suas literaturas, língua portuguesa e suas literaturas e artes.

Como educadora e filha de educadora o livro fez e faz parte da minha vida. Além da vastidão de mundo e conhecimento, o livro possibilita o argumento e o bom senso (sem estar preso ao senso comum). Ler é muito importante! Aqui em casa a leitura é algo que não foi imposto e sim seguido. Meus filhos lêem muito.”

Leitura do momento

No momento estou lendo “A cor púrpura”, de Alice Walker. É uma história de sofrimento e também renascimento diante das adversidades. Já assisti o filme várias vezes e sempre me emociono, mas com o livro a emoção triplica. É muito mais real!

Livros Preferidos

“O retrato de Dorian Gray”, de Oscar Wilde; “Iracema”, de José de Alencar ; “Os maias”, de Eça de Queiroz, “Fernão Capelo Gaivota”, de Richard Bach, “A culpa é das estrelas”, de Jong Green; “Crer ou não crer”, de Padre Fábio de Melo e Leandro Karnal.


*Crislaine Nunes*

A gestora de RH, Crislaine Nunes, 32 anos (sobrinha do saudoso artista plástico, Benedito Nunes), também é viciada em livros.

O livro que estou lendo neste momento é “As 25 leis Bíblicas do sucesso”, escritório por William Douglas e Rubens Teixeira. O livro fala de passagens da Bíblia sagrada e o que Deus queria era o nosso sucesso, e que a maioria das vezes entendemos que Deus quer nos castigar com alguns ensinamentos, mas não é verdade. Esse livro mostra o novo sentindo da Bíblia para a prosperidade. É um dos melhores livros que eu já li.”

Livros Preferidos

“O melhor livro que eu já li foi a Bíblia sagrada”, explica Crislaine que também tem preferência por livros que incentivam mudanças de hábitos cotidianos, como em “O segredo da mente milionária”, escrito por Robert G. Allen. “Eu o recomendo para as pessoas abrirem a mente para o novo”, finaliza.

Livros que indico

* Bíblia sagrada;
* Os segredos de uma mente milionária;
* Segredos para convencer qualquer um de qualquer coisa;
* Metamorfose;
* Os Axiomas de Zurique.


Livros on-line grátis

Nos dias atuais não tem desculpa para deixar de ler. Há muitas plataformas com livros maravilhosos esperando novos adeptos ou leitores vorazes. Que tal celebrar o Dia do Leitor com um bom livro? Confira alguns links bacanas:

Portal domínio público
Projecto Gutenberg
Universia livros


Para sempre Bibliotecas

As bibliotecas públicas também são oasis repletos de livros extraordinários, porém, por conta da pandemia ainda não é possível fazer uma visita. Muitas delas também estão na internet, basta digitar o nome da sua biblioteca preferida nos sites de buscas. O BBF sugere alguns links abaixo:

Biblioteca brasiliana
Acervo de obras raras da USP
Biblioteca Nacional
Real Gabinete Português de Leitura


Saiba mais

Fundação Demócrito Rocha


ATENÇÃO

As matérias, reportagens e qualquer outro conteúdo produzido possuem direitos autorais, isto é, exclusivo do BBF – REVISTA DIGITAL DO BRASIL. Nossos conteúdos passam por pesquisa, apuração, redação e publicação. Cada pauta tem um custo e exige muito trabalho para fazer! O plágio é uma atitude covarde e que não deve ser tolerada. Portanto a autora NÃO AUTORIZA a reprodução/veiculação em outros sites, blogs e plataformas (qualquer uso na internet). Também NÃO AUTORIZA a reprodução/veiculação em veículos de comunicação (TV, emissoras de rádio e qualquer meio impresso). Plágio é crime!

BBF é um site independente e se mantém por meio de recursos próprios e doações. Faça parte dos “AMIGOS DO BBF”. Clique na imagem para mais informações. Sua ajuda é importante!

BBF
*Acesse *Siga o BBF *Compartilhe

3 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s