27 de janeiro de 2022

16 thoughts on “Quando a vida ensina ARTE

  1. A modéstia em Tokiwa não consegue esconder sua extrema simpatia e fico surpreso ao descobrir todas estas conquistas maravilhosas da artista: é mesmo um ótimo artigo, Bárbara. Parabéns, Marcela!

    1. Grata! Acabei seguindo a Arte sem ser artista, encontrei um caminho para trabalhar com ela! Quem sabe um dia brota um galho de arte…

  2. Marcela é uma pessoa maravilhosa, uma profissional maravilhosa e uma professora maravilhosa.
    Lendo agora tudo o que ela já passou e aprendeu, conseguimos entender a facilidade que ela tem de lecionar sobre esta área.
    Sucesso sempre! Beijos Tokiwa!

    1. Grata Rosangela! Você já veio ao curso do técnico de museus com experiência do Museu de Zoologia da Usp e enriqueceu minhas disciplinas com seus ricos comentários dentro de seu trabalho. Sempre eu dizia que eu não estava formando técnicos e sim futuros colegas de profissão. Um abraço fraterno. Sucesso em seus projetos e neste caminho da preservação e educação.

  3. É uma alegria imensa reencontrar uma amiga dos tempos da escola (7a. e 8a. série). A Marcela Tokiwa Obsta foi quem conheci e nunca esqueci e ela sempre foi essa pessoa amiga que compartilha e gosta de ensinar e aprender. Lembro dos nossos trabalhos escolares em sua casa. Tempos valiosos e inesquecíveis. O evento da internet possibilita esses reencontros tão bons e ela continua linda.

    1. Grata Monica, o tempo não é capaz de apagar as boas amizades e tudo que ela marcou de bom. Aprendi muito com seu jeito elegante, fraterno e diplomático de ser, eu sempre agitada, moleca e zen muita pazienzia querendo viver tudo em segundos. Um abraço bem apertado!

  4. Marcela é um ser humano dos mais generosos que conheci e será sempre uma de minhas queridas professoras do curso de Técnico em Museologia! E por meio desta ótima entrevista ao blog, pude compreender o tamanho dessa profissional incrível!

  5. Bárbara, foi muito gratificante lembrar desta trajetória tão cheia de caminhos, parece um tronco de árvore de onde sai um galho e ele para de crescer, aparece outro e a no fim a árvore cresceu. Quando você me disse que seria um bate papo sobre minha trajetória veio um turbilhão de memórias. Tantas pessoas e tantos trabalhos que parecia um rolo de filme de cada exposição, da docência, da arquitetura, dos artistas, das obras, dos alunos, colegas de trabalho…até que fiz algumas coisas e não percebi! Só gratidão para este momento de encontro com minhas memórias! Sucesso!

    1. Marcela, pra mim foi uma grande honra bater esse papo gostoso, verdadeiro e inspirador! Muito obrigada pela confiança em compartilhar as suas memórias com o blog! Desejo muito sucesso!! Saudades!!

  6. O sorriso é fonte de renovação da alma. A sua construção é uma arte que emerge do pensamento e colore o coração. Assim foi acompanhar entrevista com a querida e encantadora amiga Marcela Tokiwa, sorrisos fáceis diante de tanto deslumbramento!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: